Confira a importância de ter kits próprios para fazer as unhas

Em casa ou no salão, fazer as unhas se torna um hábito da grande maioria das mulheres. Porém, cuidar das unhas não é um ato simples. Os materiais usados para esta tarefa podem transmitir várias doenças. Portanto, é necessário ter bastante atenção quanto à higienização destes materiais e, de preferência, levar seu próprio kit para o salão.

Mesmo tendo o seu próprio kit, é preciso ter muitos cuidados com higienização dos objetos, pois é constante a proliferação de bactérias. Compartilhar a lixa com outra pessoa, por exemplo, pode gerar o aparecimento de micro-organismos, como fungos. A consequência disso são micoses e processos inflamatórios nas bordas das unhas.

Sem dúvida, nos salões o risco de contaminação é bem maior, visto que são usados materiais cortantes que podem ter contato com sangue através de pequenos cortes, que ocorrem eventualmente. Uma das doenças que podem ser adquiridas é a hepatite C, que provoca inflamação no fígado.

Caso você não leve o seu kit bem higienizado para o salão e for usar os utensílios de lá, é importante ficar de olho se os mesmos passaram pelo devido processo de esterilização. O fato de o estabelecimento possuir um aparelho esterilizador não garante que estejam livres de contaminação, pois, muitas vezes, as manicures não fazem o processo de higienização, por falta de tempo, ou até mesmo de orientação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + 14 =